Menu

A indústria automotiva não para de inovar

Avançar

E a modernização da indústria automotiva não para. O aumento impressionante e recente na produção de carros elétricos já está provocando uma corrida por cobalto. Isso porque o componente faz parte de baterias de íon-lítio, presente nesses veículos, contendo propriedades que permitem que os carros elétricos rodem mais tempo entre recargas.

O preço do cobalto começou a subir à medida em que regras de controle de emissão começaram a se intensificar. Por conta disso, há estimativas de que até 2021 as vendas de carros elétricos e híbridos atinjam 4,4 milhões, contra 1,1 do ano passado.

Os autônomos estão chegando

Os carros autônomos também estão começando a se tornar uma realidade cada vez mais palpável. Uma das maiores montadoras do mundo, a Ford, acabou de anunciar que planeja investir US$ 1 bilhão nos próximos cinco anos no desenvolvimento de um sistema de inteligência artificial para guiar esses autos.

Assim como a maioria das empresas investindo no setor, as expectativas estão depositadas no ano de 2021, quando a Ford também espera ter o sistema já atuante. Segundo o portal Indústria Hoje, a montadora investe em um tipo de veículo chamado SAE level 4 “um dos cinco níveis definidos para carros sem motorista e especificamente descreve um carro autônomo que é capaz de controlar completamente o veículo em quase qualquer condição.”

A tecnologia, mais moderna entre as pesquisas realizadas nessa área, só precisa do motorista para iniciar a corrida e, depois, a condução é totalmente realizada pela máquina. A maioria dos autônomos já disponíveis para demonstração hoje em dia ainda precisam do motorista em algumas situações.

Fontes
Exame: http://exame.abril.com.br/economia/boom-de-carros-eletricos-eleva-investimentos-em-cobalto/
Indústria Hoje: http://www.industriahoje.com.br/ford-investira-em-ia-para-avancar-carros-autonomos